Por que é mais fácil entender do que falar inglês?

Essa pergunta é bastante comum e a resposta costuma ser apenas uma: prática. A maioria dos estudantes não praticam a conversação tão frequentemente como aprendem gramática, e o processo da fala demora para se tornar natural. Muitos iniciantes se concentram demais em regras gramaticais, procuram paralelos com a língua materna ou simplesmente se sentem ansiosos demais.

Se você se identifica com a descrição acima, não se preocupe! A boa notícia é que definitivamente o inglês falado melhora rápido se você continuar praticando.

Qual é o segredo para aprender a falar inglês?

Como estudante de inglês, você investe muito tempo e esforço para entender o idioma, seja praticando a gramática, vocabulário, expressões idiomáticas ou coloquialismos. No entanto, para falar inglês bem de verdade, você terá que investir o mesmo tempo e esforço conversando.

Pense na seguinte teoria: você sabe tudo sobre corrida. Como respirar corretamente, quais são os melhores sapatos, exercícios de alongamentos para antes e depois, o ritmo que precisa ser mantido durante a trajetória, etc. Mas nem toda essa informação fará de você um grande atleta. O que tornará você um excelente atleta é sair e correr pelas ruas com frequência, observando o seu progresso gradualmente. O mesmo vale para um novo idioma.

Motivos que impedem falar inglês bem

Um ponto importante é que a dificuldade em se comunicar em inglês não significa que suas habilidades linguísticas sejam inferiores às de outros. Significa simplesmente que você não passou tempo suficiente praticando  a fala para desenvolver essa habilidade específica. O tempo de prática da conversação em aulas nos cursos de inglês geralmente é muito limitado. Durante as aulas, a maior parte do tempo é gasto com explicações, anotando significados e regras, ouvindo e fazendo exercícios escritos. As oportunidades de conversar com os colegas e professor costumam ser mínimas.

Ao repetir uma rotina continuamente em uma sala de aula, seu cérebro se acostuma a certos tipos de atividades, por exemplo: ler e extrair o significado, ouvir e se acostumar com a voz do professor, preencher os espaços em branco, etc. Em outras palavras, seu cérebro está simplesmente no modo “ler e escrever”.

Como escolher um bom professor de inglês?

Durante essas atividades, você acumula uma grande quantidade de gramática e vocabulário passivamente. A única maneira de ativar esse conhecimento é conversar e praticar muito. Se conversar em inglês frequentemente, você começará a se acostumar com os padrões naturais da fala. É por isso que, ao escolher um professor de inglês, você deve escolher um que seja mais parecido com um amigo ao invés de um professor tradicional.

A mensagem principal é a seguinte: a única maneira de melhorar a fala é falando… muito! Certifique-se de passar a maior parte do seu tempo conversando se quiser melhorar essa habilidade.

 

Comece a praticar ainda hoje! Clique aqui para se registrar e começar a conversar em inglês.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *